CURSOS ONLINE GRÁTIS NA COMPRA DE UM DOS 1400 CURSOS ONLINE

Acidentes anatômicos do quadril

Artigo por Colunista Portal - Educação - quinta-feira, 7 de março de 2013

Tamanho do texto: A A

Linha arqueada divide o osso em duas partes
Linha arqueada divide o osso em duas partes

Acidentes anatômicos são marcas (proeminências, sulcos, fossas e outros) ósseas deixadas por diferentes estruturas, como vasos, músculos, tendões e ligamentos, que estão em contato com os ossos.

Acidentes anatômicos do quadril

Os ossos ísquio, púbis e íleo são três estruturas que fazem parte do quadril. Estas se unem em uma região onde mais se tem o peso que, vem do tronco e membros superiores (estudaremos posteriormente).

Este peso que os ossos do quadril suportam, encontra-se no acetábulo. Região que recebe fêmur (a cabeça).

Você sabia? Que é através do acetábulo que ocorre a união entre o esqueleto apendicular do membro inferior e a cintura pélvica.

Sendo que, nos seres humanos até a idade da puberdade, as três partes ósseas do quadril permanecem unidas por cartilagem.

A partir desta época ocorre uma ossificação da cartilagem e o osso do quadril passar a ser apenas um, porém com os mesmos nomes dos ossos.

Em uma vista pósterolateral direita do osso do quadril observamos o acetábulo, fossa articular que recebe a cabeça do fêmur. Encontramos também a incisura do acetábulo, estrutura que interrompe inferiormente a parede do acetábulo.

A face semilunar, uma porção lisa com um formato de ferradura, no acetábulo. A Fossa do acetábulo, encontrada entre os ramos da face semilunar. Observe como a cabeça do fêmur encaixa e desliza na face semilunar.

As três peças ósseas estão unidas, no adulto, no acetábulo, onde o íleo é a porção pósterosuperior. O ramo superior do púbis, a parte anterior. O corpo do ísquio, a parte pósteroinferior.

Toda a porção do íleo encontrada superior ao acetábulo forma a face glútea da asa do íleo (linhas glútea posterior, anterior e inferior), pois serve de fixação dos músculos glúteos.

Superior ao íleo existe a crista ilíaca, uma borda espessa e palpável no indivíduo. A crista finaliza anteriormente em uma projeção óssea, denominada, espinha ilíaca ânterosuperior.

Observe que ocorre o mesmo posterior, nomeado de espinha ilíaca pósterosuperior.

Veja que, abaixo dessas duas estruturas existe uma incisura.  Esta é uma estrutura de concavidade inferior, denominada incisura isquiática maior.

Agora observe o corpo do ísquio, encontrado póstero inferior ao acetábulo.

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.