CURSOS ONLINE GRÁTIS NA COMPRA DE UM DOS 1400 CURSOS ONLINE

A Menstruação Prolongada e suas Causas

Artigo por Tulio Carreira - sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Tamanho do texto: A A

Algumas mulheres podem chegar a ter fraqueza e tontura
Algumas mulheres podem chegar a ter fraqueza e tontura

A menstruação é o processo de descamação das paredes internas do útero que acontece quando não há fecundação: em outras palavras, a menstruação é a eliminação de sangue e fluidos corporais pela vagina. A idade da primeira menstruação pode variar de mulher para mulher; pode ocorrer aos 9 ou mesmo aos 18 anos.

No geral, a menstruação é um processo incômodo, mas indica que o sistema reprodutor da mulher está funcionando normalmente. Em circunstâncias normais, o fenômeno acontece de 28 em 28 dias, podendo durar de 3 a 7 dias. Há casos em que a duração da menstruação é maior, podendo chegar a 10 dias ou mesmo mais. A menstruação prolongada pode ser causada por diversas possíveis alterações no ciclo menstrual, todas dignas de diagnóstico clínico para avaliação e tratamento.

Algumas mulheres podem chegar a ter fraqueza e tontura, acentuando ainda mais a necessidade de ajuda médica. Uma consequência comum a todos os tipos de menstruação prolongada é a anemia, devido à perda considerável de sangue do organismo.

A hipermenorragia é o aumento na quantidade e na duração do sangramento, a hipermenorréia é a designação dada aos ciclos que demoram mais de cinco dias de sangramento e a menorragia é o aumento da quantidade de sangue eliminado. Algumas causas da menstruação prolongada incluem a obesidade excessiva, infecções, alterações hormonais, lesões vaginais, doenças do fígado e/ou dos rins, problemas no processo gestacional, ovários policísticos, endometriose e miomas, que são formações nodulares desenvolvidas na parede do muscular do útero chamadas de tumores benignos.

Solicitado o auxílio médico e identificada a causa da menstruação prolongada, o tratamento pode ser iniciado para a solução do problema específico. Geralmente, os médicos indicam a ingestão de hormônios através de contraceptivos juntamente com pílulas de progesterona durante certo período. Suplementos de ferro para amenizar a anemia também são indicados, assim como antiinflamatórios não-esteróides (para reduzir as perdas sanguíneas).

Mulheres jovens que ainda não ovulam regularmente e mulheres mais velhas que estão se aproximando do período de menopausa são as que têm maior probabilidade de experimentar a menstruação prolongada. Contudo, ao perceber qualquer anormalidade no ciclo menstrual, a primeira recomendação é ainda a procura por ajuda médica.

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Tulio Carreira

Estudante de Ciência & Tecnologia e Engenharia de Gestão na Universidade Federal do ABC e formado em Telemática pelo CEAP, já atuou no mercado como Analista de Sistemas, tendo também trabalhado no setor administrativo de instituições educacionais. Me encontre em: http://http://www.getninjas.com.br/producao-e-revisao-de-textos--2