CURSOS ONLINE GRÁTIS NA COMPRA DE UM DOS 1400 CURSOS ONLINE

Remédio Abortivo

Artigo por Matheus Martins - segunda-feira, 2 de abril de 2012

Tamanho do texto: A A

O aborto, a interrupção da gravidez é quando a gestante faz a remoção, prematura, de seu feto, resultando em morte desse. O aborto pode ser induzido ou espontâneamente, acabando com a gestão da grávida.

O aborto é um assunto muito debatido, sobre ser permitido ou não. Atualmente muitas gestantes procuram formas de aborto, na sua maioria adolescentes grávidas, seja usando remédio abortivo, ou receitas caseiras, como plantas e afins.

A proposta de abotar o feto durante a gravidez é uma decisão muito difícil e importante a ser tomada, já que pode ser perigoso para a gestante, assim como pode causar problemas emocionais em algumas pessoas.

Existem diversos tipos de remédios abortivos, caseiros e não caseiros, como por exemplo, o cytotec. Há também várias plantas que supostamente tem efeito abortivo, usadas para diferentes situações, abortando o feto de diferentes modos, como a Aloe vera, que provoca hemorragia, e o aborto, e que não deve ser usado durante a gestação.

Outras plantas abortivas, e seus nomes botânicos são: Anemopaegma sp, Cassia sennae, Datura estramonium, Elephantopus scaber, Leonurus sibiricus, Myristica fragans. Pilocarpus jaborandi, Punica granatum, Zanthoxilum sp entre outras.

É importante lembrar também, que o grande risco no qual a gestante se coloca ao fazer um aborto em condicões precárias pode causar em algo grave, ou até mesmo a morte dessa.
CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Matheus Martins

Blogueiro