artigo

quarta-feira, 14 de março de 2012 - 14:07

Tamanho do texto: A A

Acupuntura no Tratamento da Ansiedade e Depressão

por: Héleni Cristiane Medina Mettifogo

Acupuntura no Tratamento da Ansiedade e Depressão
Acupuntura no Tratamento da Ansiedade e Depressão
A acupuntura é uma técnica milenar da Medicina Tradicional Chinesa que sustenta que o corpo humano atua como um pequeno universo conectado por canais energéticos, pelos quais percorrem a energia vital (Qi).

A estimulação física, que envolve a inserção de agulhas em pontos destes canais, promove a autorregulação das funções do corpo gerando saúde ao paciente, pois restaura o equilíbrio, previne e trata doenças.

Nos dias de hoje é muito comum as pessoas sofrerem de distúrbios como ansiedade, depressão, pânico, estresse e insônia. O ritmo acelerado da vida moderna resulta em falta de tempo, excesso de trabalho, trânsito caótico e problemas familiares, que diminuem a qualidade de vida e causam doenças.

A ansiedade é a sensação de apreensão ou receio, sem causa real. É normal sentir um pouco de ansiedade, em graus aceitáveis, porém ela se torna patológica quando a pessoa sente medo ou tensão por tempo prolongado. A pessoa ansiosa somatiza suas fraquezas psíquicas, podendo sofrer de dores de cabeça, dores difusas, gastrite ou úlcera, insônia, problemas sexuais, entre outros sintomas.

A depressão é um distúrbio comum entre a população geral, sendo um estado de alteração das emoções e do ânimo, que leva a alterações físicas, emocionais e mentais. Os sintomas da depressão são muito variados, como sensações de tristeza, pensamentos negativos e/ou suicidas, até alterações da sensação corporal, como dores, desconforto no batimento cardíaco e enjoos.

Normalmente a pessoa apresenta perda de energia ou interesse, dificuldade de concentração, alterações do apetite e do sono, lentificação das atividades físicas e mentais, sentimento de pesar ou fracasso.

A acupuntura tem sido muito procurada por pessoas que buscam uma terapia alternativa e natural para aliviar a ansiedade e a depressão, além de outros transtornos como síndrome do pânico e distúrbios alimentares.

Acupuntura promove o equilíbrio físico (biológico) e mental, aumentando a produção de endorfina e serotonina, responsáveis pela sensação de bem estar, sem agredir o corpo e a mente. Existem diversos estudos científicos que comprovam a eficácia da acupuntura para estes fins, podendo ser facilmente associada a outros tipos de tratamentos como o medicamentoso e a psicoterapia. Durante a sessão o paciente experimenta a agradável sensação de leveza, induzida pelo estímulo dos pontos de acupuntura.
CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Héleni Cristiane Medina Mettifogo

Graduação em Biomedicina na UNIGRAN (2007) Especialização em Acupuntura pela ABA (2008) Curso de Acupuntura Estética pelo Instituto Brasileiro de Acupuntura (2008) Curso de Ciência Tradicional Chinesa com Prática em Shiatsu (2009) Estudou no International Acupuncture Training Center - Beijing, China e Beijing International Medical QiGong - Taoist Medical BaGua QiGong Médico (2011)

Medicina Alternativa