CURSOS ONLINE GRÁTIS NA COMPRA DE UM DOS 1400 CURSOS ONLINE

Aprender e Ensinar a Língua Inglesa na Escola

Artigo por Colunista Portal - Educação - terça-feira, 2 de outubro de 2012

Tamanho do texto: A A

O ensino deve ser realizado de forma interessante
O ensino deve ser realizado de forma interessante

“O caso típico é o papel que o Inglês representa em função do poder e da influência da economia norte americana. Essa influência cresceu ao longo deste século, principalmente, a partir da Segunda Guerra Mundial, e atingiu seu apogeu na chamada sociedade globalizada e de alto nível tecnológico, em que alguns indivíduos vivem neste final de século. O Inglês, hoje, é a língua mais usada no mundo dos negócios e em alguns países como Holanda, Suécia e Finlândia, seu domínio é praticamente universal nas universidades.” (BRASIL, MEC, 1998, p.23)



No Brasil, essa explosão do uso do Inglês vem crescendo e fazendo com que novos cursos de idiomas sejam procurados e aumentando o interesse das pessoas em relação à língua.



Nas séries iniciais, a apresentação da Língua Inglesa deve servir para o desenvolvimento da autonomia moral, para o exercício da cidadania, para a expressão crítica, levando ao domínio de um novo idioma.



O ensino deve ser realizado de forma interessante e significativa, podendo utilizar-se de jogos, vídeos, focando sempre o vocabulário a ser utilizado no discurso.



Quando o Inglês é apresentado como diversão, as crianças passam a ser estimuladas e desenvolvem uma ótima capacidade de concentração. Através de trabalhos lúdicos, a criança passa a ter uma finalidade em seu aprendizado. Somente percebendo um objetivo para o aprendizado de uma segunda língua a criança conseguirá efetivar essa aprendizagem.



É preciso lembrar que nas séries iniciais o professor não deve cobrar nem ensinar enfoques gramaticais da Língua Inglesa, pois durante esta fase escolar, a apresentação do Inglês deve ser de forma alegre e prazerosa, enfocando as situações de comunicação.



A Língua Inglesa também pode promover a autoestima para que a criança valorize o que produz individualmente ou no grupo, favorecendo a convivência, considerando a igualdade e a identidade.



O ensino de Língua Inglesa desempenha um fator de que sua aprendizagem é “(...) uma experiência de vida, pois amplia as possibilidades de se agir discursivamente no mundo.” (BRASIL, MEC, 1998, p.38).



Assim, o papel que a Língua Inglesa desempenha nas séries iniciais é auxiliar as relações sociais e culturais da criança, possibilitando um desenvolvimento intelectual mais sólido para a criança, desenvolvendo as potencialidades individuais e coletivas.



Aprender uma língua estrangeira nas séries iniciais não é mais uma questão de necessidade, mas um direito que não pode ser negado a nenhuma criança, pois o ensino do Inglês valoriza as competências e habilidades que a criança desenvolve em sua vida escolar.



Incluindo a Língua Inglesa desta forma logo no início da vida escolar do estudante, não teremos um adolescente do Ensino Médio desmotivado e desinteressado nas aulas de Inglês. Este é um processo longo, que deve ser trabalhado desde a infância, para que o aluno perceba mais tarde que ele tem potencial para desenvolver as habilidades linguísticas desejadas e não apenas “decorar” frases negativas e interrogativas.

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.