artigo

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2008 - 11:58

Tamanho do texto: A A

O que é Planejamento Estratégico

por: Colunista Portal - Educação

 

Planejamento Estratégico

 

Prof. Kenneth Coelho Corrêa

O que é Planejamento Estratégico?

 

A seguir são apresentados os conceitos de Organização, Estratégia, Administração, Administração Estratégica, Planejamento e Planejamento Estratégico. Depois será apresentado um artigo sobre a evolução do pensamento em estratégia, os níveis de planejamento em uma organização e a discussão sobre o processo de planejamento estratégico.

 

1.1 Organização

     O primeiro conceito a ser definido será o de organização. A importância de se definir este conceito inicialmente é devido ao fato de o planejamento estratégico sempre ser realizado no âmbito de uma organização.

     Maximiano (2006) enxerga uma organização como um conjunto de recursos (humanos, financeiros e materiais), que busca realizar um mesmo objetivo.

     Assim, durante todo o curso, quando for utilizada a palavra organização, pode ser uma empresa privada com fins lucrativos, uma organização não- governamental, um órgão do governo, ou qualquer outro conjunto de recursos, desde que todos tenham um objetivo em comum.

 

1.2 Estratégia

     De acordo com Maximiano (2006, p. 329), estratégia é "a seleção dos meios para realizar objetivos".

     A palavra foi herdada dos gregos, e diz respeito ao cargo e/ou a dignidade de ministro da guerra, ou seja, comandante de uma batalha, em Atenas.

     O mesmo autor fez um levantamento da definição de estratégia para diversos autores contemporâneos da administração, e segue aqui alguns dos conceitos definidos:

- Hamel e Prahalad (1995) definem a estratégia como o processo de construção do futuro, aproveitando competências fundamentais da empresa.

- Bateman e Snell (1996) definem o termo como o padrão de alocação dos recursos para realizar os objetivos da organização.

     Mintzberg, Ahlstrand e Lampel (2000) também adotam tal prática, buscando resposta em autores especialistas no tema, mas não conceituam o termo sob uma única ótica, e optam por listar áreas de concordância, no que diz respeito à natureza da estratégia.

 

1.2.1 Áreas de concordância quanto ao conceito de estratégia

     De acordo com Chaffee (1985, p. 89- 90) apud Mintzberg, Ahlstrand e Lampel (2000, p. 21), segue os temas em comum quanto à definição do termo:

- A estratégia diz respeito à organização e ao ambiente;

- A essência da estratégia é complexa;

- A estratégia afeta o funcionamento da organização;

- A estratégia envolve questões relativas ao caminho determinado, assim como o processo de se determinar este caminho;

- A estratégia realizada quase nunca é a mesma que foi planejada;

- As estratégias existem em níveis diferentes da organização, do chão-de- fábrica à alta cúpula;

- A estratégia envolve um exercício de definição de conceitos e análise da realidade.

 

1.3 Administração

     Para que se entenda o contexto do planejamento estratégico nas organizações, é importante abordar o conceito de administração estratégica, e antes disto, a definição da palavra administração.

     O termo administração também possui muitas definições, e optou-se, por não ser este o foco do curso, definir o termo com uma definição mais simples, mas ainda assim abrangente.

     De acordo com MAXIMIANO (2006), administração é "o processo de tomar decisões sobre objetivos e utilização de recursos".

 

1.4 Administração Estratégica

     Já quando parte-se do conceito geral para o específico, a administração estratégica é definida por Bateman e Snell (1998) como um processo que envolve administradores de todos os níveis da organização na formulação e implementação de objetivos estratégicos e das estratégias (note a diferença entre o planejado e o realizado).

     A administração estratégica integra o planejamento estratégico e a administração em um único processo, sendo que o primeiro torna-se uma atividade contínua em que os administradores são encorajados a pensar estrategicamente, focando na visão estratégica de longo prazo, assim como questões táticas e operacionais a curto prazo (BATEMAN; SNELL, 1998, p. 125- 126).

 

1.5 Planejamento

     Tendo claros os conceitos de estratégia e administração estratégica, resta ainda definir a primeira parte do termo planejamento estratégico, para que assim se possa definir o conceito final.

     O planejamento é o processo derivado da função da administração de planejar, que significa "especificar os objetivos a serem atingidos e decidir antecipadamente as ações apropriadas que devem ser executadas para atingir esses objetivos".

 

1.6 Planejamento Estratégico

     E finalmente chega o momento para definir, agora com a devida contextualização, o objeto de estudo deste curso.

     Planejamento estratégico é o processo de elaborar a estratégia - definindo a relação entre a organização e o ambiente.

     O processo de planejamento estratégico compreende a tomada de decisões sobre qual o padrão de comportamento que a organização pretende seguir, produtos e serviços que pretende oferecer, e mercados e clientes que pretende atingir. (MAXIMIANO, 2006)

     Agora abordar-se-á o processo sistemático de planejamento estratégico, definido as etapas principais para sua realização.

 

1.7 Artigo sobre a evolução da estratégia

     Confira partes deste excelente artigo, publicado na revista inglesa "The Economist", uma das principais publicações de negócios no mundo, em 1997:

     Uma pesquisa recente da Associação das Firmas de Consultoria Gerencial descobriu que empresários, acadêmicos e consultores prevêem que a estratégia dos negócios será o tema gerencial mais premente nos próximos cinco anos.

     Pedir a um teórico que defina estratégia é o mesmo que pedir a um filósofo que defina o que é a verdade. Mas a estratégia trata, basicamente, de duas coisas: decidir para onde você quer que a sua companhia vá, e, então, como você quer conduzí-la até lá. Nos anos 70, muitas empresas confiavam ainda no "Plano Estratégico Anual" elaborado por um departamento especializado. Isso não durou muito. Delegar decisões dessa ordem a pessoas estranhas ao chão da fábrica não era uma boa maneira de gerar novas idéias em indústrias em rápida mutação.

     O desaparecimento dos departamentos de planejamento estratégico não eliminou, porém, a necessidade da estratégia. Uma companhia está bem aconselhada quando sabe para onde está indo e a busca pela estratégia sem o planejamento estratégico levou as empresas a direções exóticas (definições de missão, "visionamento", etc.). Aí pode estar o motivo pelo qual assistimos, no ano passado, uma fuzilada de artigos tentando redefinir o que significa estratégia.

     Michael Porter, professor na Harvard Business School, argumenta que estratégia diz respeito a achar uma posição no mercado que melhor se ajuste às competências de uma organização. Mas num artigo que suplantou por estreita margem o do Sr. Porter, para ganhar o prêmio McKinsey de melhor artigo do ano da revista Harvard Business Review, Gary Hamel, professor na London Business School, sugeriu que estratégia significava decidir como será o futuro de um determinado mercado e então estender as habilidades da organização de modo a obter vantagens daquele mercado.

     Visto dessa forma, a teoria do Sr. Hamel soa um pouco, digamos, teórica. Imaginar mercados futuros é muito bom no Vale do Silício, mas como diferenciar a visão do futuro de uma fábrica de ração canina das outras? E é sob esta ótica que este curso irá se basear, principalmente, na estratégia pela visão de Michael Porter.

 

 Fragmento do curso de Planejamento Estratégico – Portal Educação.

(http://www.gestaoelideranca.com.br/gestaoelideranca/cursos/cursos_detalhes.asp?id=62)

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.

Gestão e Liderança