artigo

terça-feira, 3 de julho de 2012 - 15:51

Tamanho do texto: A A

Controle de Estoques

por: Colunista Portal - Educação

Estoques representam um dos investimentos mais elevados
Estoques representam um dos investimentos mais elevados

Possibilidade de avaliar o volume de recursos aplicados em estoque;

Condições de avaliar o volume de recursos aplicados em grupo de estoque;

Verificar e acompanhar a rotação dos estoques;

Calcular o custo da mercadoria vendida (CMV);

Este controle de estoques visa, ao dirigente da empresa, utilizar instrumentos que facilitem o controle dos estoques, de maneira rápida e eficiente, a fim de que possa obter informações importantes que lhe possibilitem, entre outros:

Avaliar o volume de dinheiro aplicado em estoques;

Avaliar o volume de dinheiro aplicado em cada grupo de estoques;

Verificar e acompanhar a rotação de giro dos estoques;

Calcular o custo da mercadoria vendida (CMV) ou custo do material consumido;

Conhecer a quantidade existente e a média das vendas/compras num determinado período.

Com essas informações poderão decidir e administrar melhor o que deve ser comprado, em que quantidade e o que é mais importante para reforçar a venda.

Procedimento para implantação

Para que o controle seja eficazmente implantado, deverá ser considerado:

A definição de códigos para as mercadorias, separadas por grupo de produtos classificados de acordo com o ramo da empresa;

Toda a movimentação de mercadorias/materiais deverá ser registrada por meio de uma nota/controle e centralizada numa única pessoa para os devidos registros, evitando assim, duplicidade de lançamentos.

O formulário em questão foi desenvolvido, testado e implantado em muitas empresas. Veja a seguir como proceder em relação aos estoques.

A importância dos estoques
Normalmente, os estoques representam um dos investimentos mais elevados nas contas que compõem a estrutura de capital de giro nas empresas simplificadas. Essas contas são representadas pelas aplicações em caixa, contas a receber e estoques. Em função desse alto investimento, o item estoque tem grande importância no contexto da empresa. Portanto, quando o empresário for realizar compras para suprir as necessidades de sua empresa, deve analisar, para evitar que o entusiasmo do presente se transforme em problemas para o futuro.

Pensando assim, o empresário deve procurar trabalhar com estoques que se enquadrem em padrões mínimos e máximos, ditados pela segurança e pelo bom-senso. A classificação básica que as empresas fazem, quanto aos estoques, geralmente é a seguinte: Empresas Comerciais: Mercadorias e Empresas Industriais: Matéria-prima, Produtos em processo e Produtos Acabados.
              
Nível de estoques
Em função da importância dos estoques e, para garantir a rentabilidade do capital aplicado, é ideal que o empresário estabeleça níveis de estoques para cada item, visando, principalmente, reduzir o investimento desnecessário e possibilitar o fluxo normal de produção/vendas de forma contínua e uniforme evitando possíveis interrupções.

Estoques mínimos

É a quantidade mínima de uma mercadoria e/ou matéria-prima que a empresa deve manter em estoque para atender às suas necessidades por determinado período.

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.

Gestão e Liderança