artigo

quinta-feira, 21 de março de 2013 - 14:44

Tamanho do texto: A A

Contra Indicações da Quick Massage

por: Colunista Portal - Educação

A quick massage pode auxiliar no tratamento de efeitos colaterais de alguns medicamentos
A quick massage pode auxiliar no tratamento de efeitos colaterais de alguns medicamentos
Segundo Fritz (2002), considera-se indicação um procedimento que gerará benefícios para promover a saúde, para controlar uma condição específica do organismo, ou ainda para auxiliar uma modalidade de tratamento. Esse mesmo autor relata que a contra indicação, por sua vez, é caracterizada por um tipo de abordagem que pode ser perniciosa.

Fritz (2002) ressalta, ainda, que podem ocorrer os seguintes tipos de contra-indicações:


– “evitar aplicação geral”:
nesse caso, é proibida a realização de qualquer modalidade de massagem.
– “evitar aplicação localizada”: aqui, a massagem é permitida, no entanto, uma determinada área deve ser evitada.
– “aplicar com cautela”: essa situação está vinculada à necessidade da presença de um profissional médico ou algum supervisor durante a execução da massagem. Devem ser escolhidas com cautela as técnicas, assim como a frequência e a duração da mesma.

Uma contra-indicação à massagem é uma responsabilidade do terapeuta que a aplica. Este profissional não tem a obrigação de diagnosticar uma patologia, mas deve ter conhecimento do estado de saúde do cliente, investigando seu histórico e realizando uma avaliação física. Dessa forma, ele está apto para reconhecer indicações e contra-indicações para a prática da quick massage (DOMENICO, 2008; FRITZ, 2002).

É recomendável que o terapeuta tenha à mão um dicionário médico, para consultar eventuais termos desconhecidos e nomes de patologias. Assim, em uma condição na qual ele identifique alguma contra-indicação para a realização da quick massage, ele terá condições de encaminhar para um diagnóstico (DOMENICO, 2008; FRITZ, 2002).

São identificadas na literatura por Fritz (2002) dois tipos de contra-indicações: regionais e gerais.


– Contra-indicação regional:
refere-se a uma parte específica do corpo. Ou seja, a massagem pode ser aplicada, mas não em uma área crítica. Nesse caso, o cliente deve ser encaminhado a um médico, para a realização de um diagnóstico;
– Contra-indicação geral: refere-se a uma situação que necessita de uma avaliação médica, para a exclusão segura de patologias, antes que a quick massage seja recomendada. As alterações de saúde mental são incluídas nessa categoria.

O terapeuta deve estar atento à possível presença de tumor em seu cliente. Nessa situação, a quick massage não é totalmente contra-indicada, mas inspira alguns cuidados. Ela deve ser feita somente com autorização médica, preferencialmente com supervisão médica. Algumas características citadas podem estar presentes nesses indivíduos: relato de hemorragia incomum, alterações na aparência ou tamanho de uma verruga, indigestão crônica, relato de “caroço” ou engrossamento de algum tecido, além da presença de feridas que não se curam (FRITZ, 2002).

Alguns estudos sugerem que a prática de massagem pode até mesmo favorecer alguns tipos de câncer, com o reforço do sistema imunológico. No entanto, sua frequência de aplicação deve ser consultada (DOMENICO, 2008; FRITZ, 2002).

Outra contra-indicação está relacionada ao uso de medicamentos pelo cliente.

Este pode exercer diversos efeitos, dentre eles estimular/inibir um processo do corpo e substituir uma substância química por outra (DOMENICO, 2008; FRITZ, 2002).

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.

Fisioterapia