CURSOS ONLINE GRÁTIS NA COMPRA DE UM DOS 1400 CURSOS ONLINE

Pós-graduação pela internet Faça uma pós-graduação e ganhe um Tablet CONHEÇA OS CURSOS
Inglês E Espanhol on-line CONVERSAÇÃO AO VIVO COM OS MELHORES TUTORES APRENDA AGORA
CURSOS PROFISSIONALIZANTES ON-LINE Aprenda uma nova profissão, sem sair de casa. Saiba mais
Crie GRÁTIS uma Universidade Corporativa para sua empresa CRIAR AGORA Em 3 minutos seus colaboradores terão acesso a cursos gratuitos. Conheça nossas soluções em capacitação para Instituições Públicas SAIBA MAIS Dezenas de projetos desenvolvidos com Instituições de todo o país.

Coluna Lombar: Dores

Artigo por Caroline Ueno - terça-feira, 18 de setembro de 2012

Tamanho do texto: A A

Coluna Lombar: Dores
Coluna Lombar: Dores

É comum quem já alguma vez na vida, sentiu ainda que pequena dor na coluna lombar. As vértebras da coluna lombar possuem características peculiares que a diferenciam das vértebras das demais regiões da coluna vertebral . Por ser uma região que precisa suportar grandes cargas.



A lombalgia é uma condição de dor localizada na região lombar ela é considerada como uma das principais queixas de dor e afastamento do trabalho. A dor lombar apresenta alta prevalência, cerca de 70% da população apresenta pelo menos um episódio de lombalgia durante a vida. A lombalgia pode ser conceituada como uma dor de característica mecânica, localizada entre a parte mais baixa do dorso (última costela) e a prega glútea, que aparece após força física excessiva em estruturas normais ou após ação de força física normal em estruturas lesadas.



Já a lombociatalgia surge quando esta dor se irradia para as nádegas e um ou ambos os membros inferiores. A ciatalgia ou ciática é a dor originada na raiz da coxa, uni ou bilateralmente, ultrapassando o joelho, dependo da raiz nervosa acometida. As dores lombares, em geral, possuem mais de um fator desencadeador., inúmeras circunstâncias contribuem para o desencadeamento e a cronificação das síndromes dolorosas lombares como: insatisfação laboral, obesidade, realização de trabalhos pesados, sedentarismo, síndromes depressivas e hábitos posturais. Condições emocionais podem levar à dor lombar ou agravar as queixas resultantes de outras causas orgânicas preexistentes.

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Caroline Ueno

Caroline Amarante Ueno - Fisioterapeuta, Pós-graduada em Dermato-funcional e Tutora em EaD do Portal Educação.