artigo

terça-feira, 1 de janeiro de 2008 - 00:00

Tamanho do texto: A A

Fisiologia do Sono

por: Colunista Portal - Educação

No decorrer de uma noite de sono, os sistemas e funções fisiológicas sofrem alterações acompanhando os ciclos ultradianos. A cada momento do sono (SL e SP) as respostas do organismo serão diferentes. Os conhecimentos adquiridos sobre a fisiologia da vigília e do sono permiten compreender patologias, diurnas e noturnas, e sua gênese observando a ligação entre os ciclos e as mudanças orgânicas. Citaremos agora algumas alterações relacionadas com os estágios do sono:
· Funções cardiovasculares:
        A pressão arterial (PA) diminui durante o sono chegando a seu mínimo no SL (estágio 3 e 4); durante o sono pesado a Pa sofre grandes variações (até 40 mmHg) mas não ultrapassa o mínimo do SL. A pressão arterial recupera seus níveis normais ao despertar independente do seu valor durante o sono.
        A freqüência cardíaca também diminui no SL (mínima nos estágios 3 e 4 ) . Já no SP ela se torna inconstante e relacionada com as mudanças fásicas (movimentos oculares e movimentos musculares). A freqüência também diminui influenciada pela diminuição no SL e SP do débito cardíaco (volume de sangue que passa no coração em 1 min.)
        Devido à diminuição de PA e fluxo sangüíneo ocorre uma vaso constrição que no SP pode ser responsável pelos incrementos fásicos nesse estágio.
· Fluxo sangüíneo:
        As alterações de fluxo sangüíneo estão relacionadas com as necessidades dos locais maior necessidade metabólica. No SL o fluxo está relacionado com variações metabólicas regionais e no SP ocorre um aumento significativo do fluxo.
· Mudanças rspiratórias:
        Durante o SL e o SP ocorre a diminuição dos controles respiratórios de vigília; há um predomínio dos controles metabólicos no SL e sua diminuição no SP. No SP o controle passa a ser não homeostátio ou próprio.
        O ritmo respiratório irá variar durante o SL com hipo e hiper ventilação do adormecimento ao estágio 2, nos estágios 3 e 4 a ventilação é regular. Durante o SP a respiração se torna mais rápida e irregular gerando os surtos apnéicos e hipoventilação . A apnéia em recém nascidos pode causar a morte súbita do lactente.
· Funções endócrinas:
        A conexão hipotálamo -hipófise é responsável pela união entre processos endócrinos e o sono, uma vez que a secreção de muitos hormônios obedece ao ciclo sono- vigília e pode ocorrer em momentos específicos do sono.

-Hormônios secretados em momentos específicos do sono:
O hormônio do crescimento(GH) é secretado principalmente no estágio 4 do SL. Exercícios físicos podem estimular a secreção de GH diminuída por problemas no SL.
A renina está associada ao ciclo SL e SP.

-Hormônios influênciados pelo sono como um todo:
A prolactina é secretada em grande quantidade tanto no sono noturno quanto no sono diurno.
O TSH atinge seu pico no início do sono.
O LH reduz sua excreção durane o SP

-Hormônios que não são influenciados pelo sono:
Testosterona, ACTH, cortisol

· Temperatura corporal:
        No SL estão presentes regulações automáticas, no SP tanto o sistema hipotalâmico quanto o cortical estão inativados , logo a temperatura corporal nos últimos estágios do sono é baixa.

· Funções sexuais:
        Durante o sono REM observa-se ereções clitoridiana nas mulheres e ereção peniana no homem. A presença ou ausência da ereção masculina servem para diferenciar impotência orgânica e Psicogênoca.
· Homeostase:
        Os mecanismos homeostáticos estão presentes no SL e ausentes no sono REM . Isso explica a variação de valores habituas de certas funções como PA, respiração, temperatura ect...A necessidade dessa ´ falta de controle ´ ainda não foi explicada.
        O descontrole homeostático não pode durar muito tempo pois funções vitas estariam comprometidas . A saída encontrada pelo organismo foi a fragmentação do sono paradoxal, assim o SP é interrompido , as funções voltam ao normal e após certo tempo, outro episódio de SP é retomado para cumprir sua função misteriosa e imprscindível. 

Fonte: http://www.furtado.com.br/sono/Normal_Fisiologia.html

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.

Farmácia

ASSINE E RECEBA GRÁTIS

e-Book
livro digital

Grátis um e-book mensalmente. Assine já e receba o e-book: INGLÊS PARA
NEGÓCIOS

Top10
Artigos

Receba e leia os principais artigos sobre diversos
temas. São mais de 30 áreas!

Palestras online

Assista palestras ao vivo toda quinta-feira e veja as dezenas de palestras gravadas em várias áreas

Lições de inglês

Atividades totalmente interativas para você exercitar o seu
inglês!

e-Revista
revista digital

Todo trimestre, uma nova edição sobre os principais temas de cada área. Boa leitura!