CURSOS ONLINE GRÁTIS NA COMPRA DE UM DOS 1400 CURSOS ONLINE

Rótulo do Medicamento

Artigo por Colunista Portal - Educação - terça-feira, 1 de janeiro de 2008

Tamanho do texto: A A

Como deve ser o rótulo do medicamento

1. Nome do paciente e do médico prescritor.

2. Número de registro, datas de manipulação e validade.

3. Fórmula discriminada com os nomes dos fármacos ativos segundo a D.C.B. com respectivas dosagens.

4. Modo de usar.

5. Quantidade, da unidade posológica solicitada.

6. Posologia, a maneira de tomar o produto.

7. Nome, Endereço, CGC e Farmacêutico Responsável pela Farmácia.


Os rótulos devem informar sobre a apresentação específica do produto como, solução, loção, cápsulas creme, pomada, entre outros.
Recuse receber produtos manipulados por farmácias que conste em seu rótulo códigos ou falsos nomes comerciais.
Recuse comprar produtos manipulados vendidos em consultórios médicos, clínicas de estética, "SPA's" e outras. O estabelecimento oficial e legal para a venda desse produto é a farmácia. É só na farmácia que você encontra o profissional farmacêutico que lhe prestará toda a assistência necessária pelo preparo do seu medicamento. Além disso, o preço praticado na farmácia é geralmente inferior ao cobrado nesses outros estabelecimentos.

Há casos em que é necessário colocar informações complementares, como "Agite Antes de Usar" ou "Conserve em Geladeira", "Mantenha ao abrigo da luz, calor e umidade"; "mantenha fora do alcance de crianças"; "não faça uso concomitante de outro medicamento sem a orientação médica"; não desaparecendo os sintomas ou ocorrendo reações colaterais, informe o seu médico"; ou outras.

Realização: Câmara Técnica de Farmácia de Manipulação do Conselho Regional de Farmácia do Rio de Janeiro.*

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.