CURSOS ONLINE GRÁTIS NA COMPRA DE UM DOS 1400 CURSOS ONLINE

Bioterápicos

Artigo por Colunista Portal - Educação - quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Tamanho do texto: A A

A prescrição pode ser solicitada por médicos, veterinários e dentistas
A prescrição pode ser solicitada por médicos, veterinários e dentistas

Introdução e Classificação

Bioterápicos, de acordo com o Manual de Normas Técnicas da Associação Brasileira de Farmacêuticos Homeopatas, são “produtos não quimicamente definidos (secreções, excreções fisilogicas ou patológicas, certos produtos de origem microbiana e alergenos) que servem de matéria prima para as preparações bioterápicas de uso homeopático”.

Estes medicamentos podem ser classificados em duas grandes categorias:


A - Bioterápicos de Estoque

1. códex - soros, vacinas, toxinas e anatoxinas, inscritos na Farmacopéia Francesa, preparada por laboratórios especializados (Instituto Pasteur francês ou Mérieux).

Ex. BCG, Staphylotoxinum, Tuberculinum.

2. simples - Obtidas a partir de "vacinas estoques" constituídas por culturas microbianas puras, lisadas e atenuadas em determinadas condições. Ex.Colibacillinum, Influenzinum, Streptococcinum.

3. complexos - definidos pelo seu modo de obtenção (secreções ou excreções patológicas) ou seu modo de preparação. Ex. Luesinum, Psorinum, nosódios intestinais Bach-Paterson.

4.ingleses ( Nosódios Intestinais de Bach-Paterson)

5. Bioterápicos Dr. Roberto Costa - (nosódios vivos Roberto Costa)- São preparados com microrganismos vivos, na escala decimal, usando como diluente cloreto de sódio 0,9%. A solução de partida é uma suspensão contendo três bilhões de microorganismos por ml, em solução. Até a D 11 as diluições são feitas em solução fisiológica 0,9%. Da D12 em diante, as diluições são feitas em solução hidroalcoólicas 50%. Para cada diluição são dadas 50 sucussões.


B - Isoterápicos


1. isoterápicos - ou hetero-isoterápicos, são preparados a partir de substâncias exógenas (alérgenos, toxinas ou medicamentos), tudo que de alguma forma "sensibilizam" o paciente. Estão nessa categoria todos os alérgenos, pólens, poeiras, pêlos, solventes, medicamentos alopáticos, alimentos, etc.

2. auto isoterápicos - ou endógenos (auto-nosódios) - são preparados a partir de excreções ou secreções obtidas do próprio doente (sangue, urina, escamas, fezes, pus, etc). Antigamente eram camadas de nosódios.

Prescrição
       

Poderá ser solicitado por médicos, veterinários e dentistas. No receituário deve constar material que deve ser ou foi coletado, (dinamização desejada e forma farmacêutica desejada).


Como as farmácias não estão preparadas para a realização de coletas de materiais veterinários, seria interessante conversar com a (o) farmacêutica (o) responsável de uma farmácia homeopática e se informar sobre o modo de coleta e conservação.


Nunca esquecer de avisar se o material for de doença infecto-contagiosa, com mais ênfase ainda se for uma zoonose. Segundo os farmacêuticos, FORMOL não é ideal, devendo ser evitado, melhor são água/álcool/glicerina, soro fisiológico ou álcool 96°. O material tem prazo de validade, é interessante consultar a farmácia.


       

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.