artigo

segunda-feira, 11 de junho de 2012 - 20:26

Tamanho do texto: A A

Origem e História da Vigilância Sanitária

por: Colunista Portal - Educação

A história nos permite observar que passos importantes foram dados.
A história nos permite observar que passos importantes foram dados.

A ascensão da burguesia no século XVI proporcionou o acúmulo de capital e desenvolvimento econômico, quando o trabalho passa a ter um papel importante para a riqueza de uma nação. No século XVII, estas ações foram sendo aperfeiçoadas com base em novos conhecimentos. No século XVIII, pensava-se que o poder econômico estaria relacionado a uma população grande, bem cuidada e controlada, surgindo o conceito de “polícia médica”, regulamentando as profissões, o manejo de água e alimentos, a higiene do ambiente, dentre outros.

O advento de noções de salubridade, na França do final do século XVIII, culminou em ações de controle político-científico do meio, como forma de alcançar a higiene pública . As ações deste século revolucionavam a ciência da época e acumulavam os elementos essenciais para formar o que se conhece hoje como ciência moderna.

Desde a Idade Média e, principalmente, nas primeiras décadas do século XIX, os sanitaristas e administradores afirmavam a necessidade da criação de leis que regulamentassem assuntos como a higiene da habitação e do ambiente, a higiene dos alimentos  e das bebidas, a higiene do vestuário, a saúde e o bem-estar das mães e das crianças, a prevenção e controle de doenças comunicáveis, a organização do pessoal médico e das boticas, etc.

A organização de ações de controle das ameaças à saúde e coletividade perpassou pelo controle sobre o exercício da medicina. As normas estatais foram configuradas nos diversos períodos históricos para avanço do conhecimento e das lutas pela preservação da saúde coletiva. Pode-se afirmar que a implantação das ações em vigilância sanitária caminhou em paralelo com a evolução da saúde pública brasileira.

Mencionando a saúde pública, uma maneira interessante de conhecer a sua história no Brasil, com uma linguagem bastante acessível, é por meio do documentário “Políticas de Saúde no Brasil: um século de luta pelo direito à saúde”, que conta a história das políticas de saúde por intermédio de sua articulação com a história política.

A história nos permite observar que passos importantes foram dados no intuito de promover um padrão de saúde para a população brasileira, especialmente quando do entendimento de que a saúde e a doença são processos dependentes de diversos fatores: controle de epidemias, de doenças emergentes, de saneamento, condições adequadas de moradia, transporte, trabalho, etc. Entretanto, a participação da sociedade é o elemento mais importante para que as decisões políticas sejam tomadas na garantia da saúde.

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.

Farmácia