artigo

quarta-feira, 30 de maio de 2012 - 20:11

Tamanho do texto: A A

Sulfur - homeopatia

por: Ronaldo de Jesus Costa

Sulfur homeopatia
Sulfur homeopatia
Sulfur homeopatia, cujo nome correto é Sulphur, em função do latim, é uma preparação homeopática produzido a partir de enxofre.

Sulfur em homeopatia, ou sulphur é muito prescrito para tratamentos de doenças de pele acompanhadas de urticária, queimaduras, ou mesmo odor desagradável (HOMEOPATIA GENERAL, 2011)

Como Sulphur é indicado no tratamento da psora, denominação dada pelo criador da homeopatia – Samuel Hahnemann, para descrever um dos três ‘contágios parasitários crônicos’ (SAKIYAMA, 2010), é possível elencar uma quantidade muito grande de indicações, pois segundo Hahnemann (1999), as doenças causadas pela psora são ‘quase que todas as formações fortuitas, desde a verruga comum até o maior dos tumores sarcomatodos; desde malformações nas unhas até o inchaço dos ossos e o encurvamento da coluna, bem como muitos outros amolecimentos e deformidades dos ossos, tanto em idade precoce quanto mais avançada, além de desordens sanguíneas, diarreias, constipação, convulsões, úlceras e inflamações crônicas.

Tal indicação é fácil ser compreendida ao buscar o princípio de homeopatia, de similia similibus curantur - “o semelhante será curado pelo semelhante” (WAGNER, 2006; FONTES, 2005; in CIM-RS, 2007), pois se uma pessoa ingerir enxofre irá apresentar sintomas como dores gástricas, diarreia, e em contato com a pele tende a causa urticária, inflamação, úlceras.

Se, por outro lado, ministra-se sulpur, em homeopatia, essa mesma substância, preparada homeopaticamente, a um enfermo que apresenta dores gástricas, diarreia, urticária com características semelhantes àquelas causadas pelo enxofre, obteremos como resultado a cura desses sintomas (DANTAS, 2010).

Não apenas em humanos, Sulfur homeopatia, é utilizado também na agricultura e pecuária com resultados promissores (TOLEDO, STANGARLIN e BONATO, 2009; PERES, SOUZA e BONATO, 2005).Segundo Bonato et al. (2007), a homeopatia utiliza substâncias diluídas e dinamizadas e vem se mostrando como uma ferramenta tecnológica com grande potencial para atender às exigências de uma agricultura mais sustentável. Além disso, segundo o mesmo autor, possui baixo custo e apresenta impacto ambiental irrelevante.

Por exemplo, Sulphur 12, 30 e 1 MCH em rabanetes aumenta diâmetro, porém, em calêndula, reduz massa fresca, massa seca e número de inflorescências (PERES, SOUZA e BONATO, 2005).
Além disso, Sulphur em 12 e 60CH minimizaram em praticamente 50% a severidade da doença pinta preta aos dez dias após a inoculação do patógeno, e aos quatorze dias em 12 e 30 CH, 49,58% e 34,02%.(TOLEDO, STANGARLIN e BONATO, 2009).

É importante, contudo, levar em conta a dinamização, ou seja, a ultra diluição requerida em homeopatia. Normalmente se utiliza passiflora, em homeopatia, na escala 30 CH, ou 30 centesimal hahnemanniano.
CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Ronaldo de Jesus Costa

Farmacêutico e Bioquímico Especialização em Farmacologia Mestre em Genética e Biologia Molecular Tutor de Ensino a Distância - Portal Educação

Farmácia