artigo

terça-feira, 1 de janeiro de 2008 - 00:00

Tamanho do texto: A A

Leite de camelo pode curar alergias e fortalecer defesas do corpo

por: Colunista Portal - Educação

O leite de camelo pode curar algumas alergias alimentares e fortalecer as defesas do organismo nas crianças, segundo os resultados de uma pesquisa publicada na última edição da revista mensal da Associação Médica de Israel.
 
O estudo foi feito no hospital Soroka, da cidade de Beer Sheva, no sul do país, com oito pacientes com idades compreendidas entre quatro meses e dez anos, em que o alimento foi administrado com sucesso.

Ao contrário do leite de vaca, de ovelha e de cabra, que são ruminantes, a fêmea do camelo (que não é ruminante) produz um leite "muito diferente", disseram os especialistas, pois contém só 2% de gordura e ácidos gordurosos completamente homogeneizados.

A pesquisa foi feita pelos médicos Yossef Shabo, Reuven Barzel, Mark Margoulis e Reuven Yagil, que há anos estuda o melhoramento da espécie dos camelos em uma fazenda no deserto, já que, na sua opinião, "este leite pode salvar da morte milhões de crianças desnutridas na África". O leite de camelo é comercializado há anos em vários países árabes.

No caso dos pacientes analisados, seus pais pediram ajuda médica porque os tratamentos convencionais não tinham dado bons resultados. Os sintomas das alergias eram brotoejas na pele, deficiência de lactose, desequilibro químico e sinais de asma. O bebê de quatro meses perdia sangue e outros líquidos devido a constantes diarréias, informaram os médicos.

A lactose, o açúcar no leite, apresenta-se em concentrações de 4,8% no leite do camelo, mas seu metabolismo é mais fácil para aqueles que sofrem de intolerância a essa substância.

Segundo os médicos, as proteínas no leite do camelo foram o principal fator na prevenção e na cura das alergias alimentares que as crianças sofriam.

Isso se deve, segundo afirmam na revista, ao fato de que o leite de camelo não contém beta-lactoglobulina e possui uma beta-caseína diferente das encontradas no leite de vaca. Esses dois componentes são os que costumam causar alergias, acrescentam os médicos.

Segundo os pesquisadores, essas alergias atingem algumas crianças porque as defesas de seu organismo reagem diante das proteínas do leite e de outros alimentos como se fossem "uma ameaça", e então colocam em ação seu sistema imunológico como se o alimento fosse um elemento patogênico, um "inimigo".

O leite do camelo também é rico em vitamina C, cálcio, ferro, e contém anticorpos (imunoglobulinas) compatíveis com as dos seres humanos e moléculas pequenas que podem chegar facilmente à corrente sangüínea via intestino.

Os médicos entregaram aos pais leite de camelo congelado e recomendaram a eles que dêem a seus filhos o leite descongelado, mas não o aqueçam, já que o calor pode destruir os anticorpos e as proteínas do alimento.

Vinte e quatro horas após a ingestão do leite, os sintomas em todas as crianças diminuíram, afirmam os pesquisadores. Algumas das crianças beberam o leite de camelo durante um mês e sua recuperação "foi espetacular", segundo os médicos.
 
Fonte: Agência EFE
CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.

Farmácia