artigo

quinta-feira, 23 de agosto de 2012 - 18:41

Tamanho do texto: A A

Biossegurança no Salão de Beleza e Sustentabilidade

por: Fernando Amaral de Calais

Biossegurança no Salão de Beleza e Sustentabilidade
Biossegurança no Salão de Beleza e Sustentabilidade
A biossegurança é uma ciência que surgiu no século XX, formada pelo conjunto de ações voltadas para a prevenção, minimização ou eliminação dos riscos relacionados às atividades de pesquisa, produção, ensino, desenvolvimento tecnológico e prestação de serviços de riscos que podem comprometer a saúde do homem, dos animais, das plantas e do meio ambiente. O profissional da beleza seja cabeleireiro, manicure, pedicure ou esteticista, por sua atividade profissional está cotidianamente em contato com pessoas, produto químico e além de estar sujeito às ações da poluição ambiental e excesso de ruídos que configuram potencial risco à sua saúde.

A Biossegurança ajuda a Reconhecer, Avaliar, e Controlar estes riscos com a eliminação ou redução dos agentes ou fatores que foram reconhecidos e avaliados no meio ambiente de trabalho. Veja abaixo uma classificação resumida destes riscos para a saúde:  Biológicos? De transmissão de doenças como Herpes, Hepatite, AIDS, Micoses superficiais de pele e unhas, dentre outras; Físicos? Ergonômicos, posturais e ambientais;  Químicos? No preparo e aplicação de tinturas, alisantes, sprays, solventes, escova progressiva, etc;  Sonoros? Ruídos de equipamentos como secadores de cabelo; Pesquisa realizada no Estado de São Paulo em 2011 revela que apenas 5% das manicures utilizam luva durante o procedimento, 80% tem autoclave ou estufa, mas afirmaram não saber usar adequadamente.

Através dos conhecimentos de biossegurança este profissional aprende a organizar melhor sua rotina de trabalho, limpeza ambiental, higiene pessoal, desinfecção e esterilização de ferramentas que entram em contato com os clientes, uso correto de Equipamentos de Proteção Individual, além de contemplar o descarte seguro dos resíduos sólidos de forma a preservar o ambiente. O profissional da beleza necessita nos dias de hoje desenvolver competências para realizar tratamentos estéticos, respaldados nos conceitos de beleza integrada à saúde, para que os resultados sejam satisfatórios e ofereçam segurança para a qualidade de vida dos profissionais e dos usuários dos seus serviços minimizando ainda a agressão ao meio ambiente.
CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Fernando Amaral de Calais

Fernando Amaral de Calais Farmacêutico Generalista pela FAMINAS, Especialista em Atenção Farmacêutica pela FacRedentor, e em Tecnologias em Ensino a Distância pela UNICID. Mestrando em Ensino de Ciências da Saúde e do Ambiente pela Anhanguera/Unipli. Atua como diretor Técnico em Drogaria é Presidente da Associação AFAMUR e Professor Universitário.

Estética