CURSOS ONLINE GRÁTIS NA COMPRA DE UM DOS 1400 CURSOS ONLINE

O que é puerpério?

Artigo por Colunista Portal - Educação - quinta-feira, 7 de março de 2013

Tamanho do texto: A A

Iniciar o acompanhamento do crescimento
Iniciar o acompanhamento do crescimento
É chamado de puerpério o período que compreende a fase pós-parto, quando a mulher passa por alterações físicas e psíquicas até que retorne ao estado anterior à sua gravidez. Esse período se inicia no momento em que se dá o descolamento placentário, logo após o nascimento do bebê, embora também possa ocorrer com a placenta ainda inserida na gestante, é o caso de óbitos fetais intrauterino.

É durante o puerpério que o organismo materno retorna às suas condições pré-gravídicas. Este período dura em torno de seis semanas, geralmente ele termina quando a mulher retorna sua função ovulatória, ou seja, reprodutiva. Se a puérpera não estiver amamentando, sua ovulação retornará cerca de seis a oito semanas do parto.

Em puérperas que estejam amamentando, o momento em que a ovulação retornará é praticamente imprevisível e, dependendo da frequência das mamadas, pode demorar cerca de 6 a 8 meses. Diante dessas incertezas é necessário orientar essa puérpera em relação a um método contraceptivo adequado ao momento.

O puerpério é convencionalmente dividido em três fases:

- Puerpério imediato – inicia logo após a saída da placenta e dura aproximadamente duas horas.

- Puerpério mediato: desde o puerpério imediato até 10º dia. Neste período ocorre a regressão do útero, a loquiação apresenta-se em quantidade moderada para escassa e amarelada. É um momento oportuno para realização da visita domiciliar pelo profissional médico ou enfermeiro, pois a mulher está repleta de dúvidas e necessitando de avaliação e cuidados de saúde.

- Puerpério tardio – do décimo ao quadragésimo quinto dia;

- Puerpério remoto – além do quadragésimo quinto dia até que a mulher retome sua função reprodutiva.

Durante este período, a mulher apresenta o chamado “lóquios” que consiste de um sangramento sanguinolento liberado pelo útero após o parto. Inicialmente são vermelhos e, por vezes, tão ou mais abundantes que a menstruação e com o passar do tempo tornam-se acastanhados e em pequena quantidade. Passados de 10 a 14 dias tornam-se brancos ou amarelados, até que desapareça.

Na consulta de puerpério, que deve ser realizada entre o 7º e o 10º dia após o parto, juntamente com a primeira consulta da criança pela Unidade de Saúde da Família, têm os seguintes objetivos:

- Identificar patologias frequentes nesse período e avaliar as condições maternas;

- Controlar e acompanhar a evolução das patologias manifestadas durante a gestação, tais como anemias, diabetes gestacional, síndromes hipertensivas, etc.;

- Reforçar orientações bem como esclarecer eventuais dúvidas que possam aparecer;

- Iniciar o acompanhamento do crescimento, desenvolvimento e imunização do recém-nascido, bem como realizar avaliação de seu estado geral;

- Fornecer orientações sobre o planejamento familiar e assistência ginecológica;

- Fornecer orientações sobre o restabelecimento da atividade sexual do casal.

Para realizar uma assistência de qualidade à puérpera é necessário realizar um exame físico minucioso e completo. No exame físico geral é importante a avaliação dos sinais vitais, em especial pulso (deve estar normal no período mediato), temperatura (presença de febre pode indicar infecção puerperal) e pressão arterial (esperado valores pressóricos normais a partir do 5º dia pós-parto).

No exame físico específico, examinar as mamas observando os mamilos quanto ao tipo, sinais de lesões, rachaduras, bolhas, sangramento; sinais de ingurgitamento mamário, pontos endurecidos, vermelhos, doloridos. Quando necessário, ensinar a mãe a realizar drenagem do leite e indicar exercícios se houver protusão mamilar. Também deverá avaliar a involução uterina, verificando as condições da cicatrização cirúrgica, o aspecto e quantidade da loquiação.

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.