CURSOS ONLINE GRÁTIS NA COMPRA DE UM DOS 1400 CURSOS ONLINE

Vapor Saturado Sob Pressão (autoclavação)

Artigo por Colunista Portal - Educação - quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Tamanho do texto: A A

O vapor pode ser obtido em vários estados físicos
O vapor pode ser obtido em vários estados físicos
Este é o processo de eleição nas unidades hospitalares, indicado para os artigos termorresistentes. Destrói os microorganismos por coagulação das proteínas.

Dá-se o nome de vapor saturado porque sua temperatura equivale ao ponto de ebulição da água, e produz-se pela combinação da energia que aquece a água com níveis de pressão maiores que a pressão atmosférica, que aceleram o aquecimento levando ao alcance de temperaturas próprias para esterilização (121°C a 135°C), em tempo mais rápido. Portanto as variáveis para avaliação do método são: tempo, temperatura e pressão.

Os aparelhos são programados com uma razão tempo/temperatura, isto é, aumentando a temperatura, o tempo necessário para esterilização diminui ou vice-versa.

A programação deverá seguir os critérios estabelecidos na validação do equipamento e das cargas a serem processadas pelas Instituições.
Vapor saturado é um gás e está sujeito às leis da física, sendo assim, não se altera a temperatura do vapor sem alterar a pressão e vice-versa.

Tipos de autoclaves:
Gravitacional
- A injeção de vapor na câmara força a saída do ar frio por uma válvula localizada na parte inferior. Pode ocorrer formação de bolhas de ar no interior do pacote, que impede a esterilização. Par que a penetração de vapor ocorra em todos os materiais, o tempo deve ser mais longo, tornando o ciclo mais demorado.
Pré-Vácuo - Por meio de bomba de vácuo contida no aparelho, o ar é removido do material e da câmara, podendo ter um ou três ciclos o que favorece a penetração mais rápida do vapor dentro dos pacotes. Após a esterilização ocorre a sucção do vapor e da umidade interna, secando mais rápido e completando o ciclo.
Mecanismo de ação: O processo baseia-se na transformação das partículas de água em vapor. Na esterilização da autoclave, ocorre a morte celular pela coagulação de proteínas bacterianas, por meio de calor.
Tempo: pode variar três a 30 min de acordo com a temperatura e o tipo de equipamento utilizado.
Temperaturas X Tempo:
Gravitacional 132°c a 135°c 10 a 25min
121ºc a 135°c 15 a 30 min
Pré-vácuo 132°c a 135ºc 3 a 4 min
Ciclo de esterilização: varia de acordo com equipamento, validação do processo, embalagem (invólucros algodão, papel grau cirúrgico, papel crepado, filmes transparentes container, caixas metálicas, vidro refratário, TNT).
Controle do processo: Eficácia do equipamento, manutenção, registro dos instrumentos, indicadores químicos, indicadores biológicos, integradores químicos, testes de Bowie Dick.

Qualidade do Vapor
O vapor pode ser obtido em vários estados físicos, cada um com um efeito na qualidade da esterilização.

Vapor saturado seco
Contém somente água no estado gasoso agregando tanta água quanto possível para sua temperatura e pressão (100%UR). É a forma mais efetiva de vapor para esterilização.

Vapor saturado úmido (condensado)
É normalmente formado quando a água da caldeira ou condensador dos tubos é carregada pelo vapor saturado ao ser injetado na câmara da autoclave, resultando em um excesso de água que poderá comprometer a secagem da carga em processo.

Vapor Saturado Superaquecido
Formado a partir do vapor saturado, o qual é submetido a temperaturas mais elevadas. O vapor torna-se deficiente em umidade e consequentemente, com maior dificuldade de penetração.

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.