CURSOS ONLINE GRÁTIS NA COMPRA DE UM DOS 1400 CURSOS ONLINE

Laudo do hemograma

Artigo por Colunista Portal - Educação - terça-feira, 27 de março de 2012

Tamanho do texto: A A

Laudo do hemograma
Laudo do hemograma
Todo hemograma  é dividido em três partes: eritrograma, leucograma e plaquetograma e deve reportar as seguintes informações para o clínico solicitante.

Eritrograma
* Número de Eritrócitos: É o total de glóbulos vermelhos presente em 1,0 microlitro de sangue, sendo a representação em eritrócitos / µL.
* Hemoglobina: O teste consiste em hemolisar todos os glóbulos vermelhos do sangue e então dosar a hemoglobina que estava presente no interior destes glóbulos, reportando o resultado em gramas de hemoglobina por decilitro de sangue (g/dL).
* Hematócrito: Corresponde à proporção encontrada de parte sólida (eritrócitos, leucócitos e plaquetas) em relação à parte líquida do sangue (plasma) sendo representada em porcentagem (%).

VCM: Corresponde ao Volume Corpuscular Médio, ou seja, o tamanho médio dos eritrócitos presentes no sangue, sendo representado em fentolitros (fL).

HCM: É a Hemoglobina Corpuscular Média, ou seja, a quantidade média de hemoglobina presente dentro de cada eritrócito, sendo representada em picogramas (pg).

CHCM: É a Concentração de Hemoglobina Corpuscular Média, ou seja, é a concentração média de hemoglobina em 100 mL de eritrócitos sendo representada em grama por decilitro (g/dL). O CHCM difere do HCM pelo fato de que a concentração leva em conta o volume celular e o HCM apenas relaciona a hemoglobina total com o número de eritrócitos.

Alterações morfológicas da série vermelha: após a descrição dos resultados acima descritos, o laudo do hemograma deve relatar também a presença de qualquer alteração morfológica presente no esfregaço sanguíneo. São inúmeras as alterações e cada uma corresponde a algumas situações clínicas. Caso não seja detectada alterações o resultado das alterações morfológicas da série vermelha é expresso como N.D.N., que na nomenclatura médica significa Nada Digno de Nota.

RDW: O índice de RDW ou Red Cell Distribution Width corresponde ao índice de variação do tamanho dos eritrócitos e em outras palavras significa anisocitose. Quanto maior for valor do RDW maior será a variação no tamanho dos eritrócitos, ou seja, maior será a anisocitose.

O RDW ainda não é completamente aceito pela classe médica e alguns laboratórios não determinam numericamente o RDW e simplesmente convertem o índice em características morfológicas: anisocitose discreta anisocitose (+), anisocitose (++) ou anisocitose (+++).

Leucograma
Número de Leucócitos: É o total de glóbulos brancos presente em 1,0 microlitro de sangue, sendo a representação em leucócitos / µL. Os leucócitos são constituídos por diversas células, das quais apenas seis são encontradas em sangue periférico de pacientes normais adultos: Linfócito, Monócito, Neutrófilo (ou segmentado), Eosinófilo, Basófilo e Bastão (segmentado jovem). Metamielócitos podem eventualmente ser encontrados no sangue periférico, porém em valores muito baixo, sem significado clínico.

FIGURA - ESQUEMA REPRESENTANDO A HEMATOPOIESE COM OS DIFERENTES ESTÁGIOS DE MATURAÇÃO CELULAR
 

O esquema acima representa uma parte da diferenciação da célula-tronco da medula óssea. Vale ressaltar que essa divisão é apenas didática e que biologicamente o processo é dinâmico, ou seja, a célula vai se diferenciando ao longo do processo até atingir a maturação completa e ser liberada para a corrente sanguínea.

O bastão ou bastonete não está representado no esquema acima. Trata-se de um neutrófilo jovem, ficando localizado entre o metamielócito e o neutrófilo, no esquema acima. O normoblasto representa três fases de maturação: Eritroblasto basófilo, Eritroblasto policromatófilo e Eritroblasto ortocromático, em seguida reticulócito e eritrócito.

A presença no sangue periférico de células jovens, ou seja, diferente das seis apresentadas, é um indicativo de alteração, podendo esta alteração ser fisiológica ou não. Algumas infecções severas, gestação, anemias, leucemias, etc. são alguns casos em que podemos encontrar células jovens no sangue periférico. A contagem diferencial dos leucócitos é representada em porcentagem e em valores absolutos. Os valores absolutos são apenas calculados com base na porcentagem dos leucócitos presentes com a contagem global de leucócitos.

Plaquetograma
O plaquetograma  não é muito solicitado uma vez que apenas o número de plaquetas é aceito em toda classe médica, sendo representado pelo número de plaquetas existentes em 1,0 microlitro de sangue (plaquetas / µL). Os índices como plaquetócrito, VPM (Volume Plaquetário Médio) e PDW (Platelets Distribution Width) são determinados pelos equipamentos mais modernos, porém ainda não são relatados nos laudos. Assim como no eritrograma, os índices plaquetócrito, VPM e PDW são representados da mesma forma que o hematócrito, VCM e RDW, respectivamente.

OS VALORES DE REFERÊNCIA DO HEMOGRAMA
O hemograma está entre os exames laboratoriais que mais possui valores de referência normais em função de uma série de fatores, sendo o principal deles a idade, porém, raça, sexo e o local de residência (altitude em relação ao nível do mar) também são fatores que variam o valor de referência. Conforme a referência utilizada pode haver diferenças entre laboratórios com relação aos valores de referência de um mesmo paciente.

Os valores de Hemoglobina, da HCM e da CHCM são estabelecidos para pacientes vivendo à altitude e à pressão atmosférica de São Paulo (± 750 m e ± 705 mmHg). Pacientes de cidades litorâneas (2 m e 760 mmHg) apresentam valores, em média, 1% mais baixos e os de cidades altas (1.500 m e 650 mmHg) apresentam valores, em média, 1% mais altos. O valor médio da faixa de normalidade da HCM para qualquer altitude pode ser obtido aplicando a equação: HCM = (altitude + 53333)/1864 onde: HCM = HCM média em pg altitude = altitude da cidade habitual do paciente em metros.

Valores abaixo do valor inferior normal são denominados “...penia” e os valores acima do valor superior normal são denominados “...citose” ou “...filia”. Por exemplo: Uma contagem de leucócitos de 15.000 / µL para uma mulher é dito que esta paciente está com “leucocitose” e um homem com contagem de neutrófilos de 1.900 / µL está com “neutropenia”.
CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.