CURSOS ONLINE GRÁTIS NA COMPRA DE UM DOS 1400 CURSOS ONLINE

Exame Físico da Urina

Artigo por Colunista Portal - Educação - sexta-feira, 23 de março de 2012

Tamanho do texto: A A

Exame Físico da Urina
Exame Físico da Urina
Entender como funciona o exame físico de urina requer o entendimento de alguns conceitos como aspecto, odor, reação do pH e densidade são alguns fatores que influenciam o exame.

Geralmente, a urina recentemente emitida é límpida. Deixada em repouso por algum tempo, pode haver formação de pequeno depósito (constituído por leucócitos) denominado nubécula. Esta é mais acentuada nas mulheres.

As substâncias que mais frequentemente turvam a urina são as seguintes: fosfatos amorfos, uratos amorfos, pus e germes.

Odor
O cheiro característico da urina recentemente emitida tem sido atribuído a ácidos orgânicos voláteis que ela contém. Com o envelhecimento, o cheiro se torna amonical. Sob a influência de alguns medicamentos, a urina adquire odor particular.

Reação de pH
A reação da urina é verificada pelo papel de tornassol ou outro. A urina de reação ácida torna o papel tornassol azul de cor vermelha, inversamente a urina alcalina torna o papel vermelho em azul. Se a cor tanto de um como o outro não se alterar a reação é neutra.
     
Densidade

É obtida por meio de densímetros, no caso chamado de urinômetro, de refratômetro ou mesmo verificada na própria fita.

Interpretação: normalmente a densidade da urina de um nictêmero oscila entre 1,015 e 1,025. O rim normalmente é capaz de diluir ou concentrar a urina conforme a ingestão de líquidos, se maior ou menor, podendo a densidade variar entre 1,001 e 1,030 ou mais.

A densidade da urina varia também em enfermidades extrarrenais: diabete melito, diabete insípido e estados febris.

Tornou-se hábito, em nossos meios, expressar a densidade da urina em milhar- 1.015 ou 1.020, por exemplo - quando o correto é 1,015 ou 1,020 (um vírgula zero quinze ou um vírgula zero vinte).

O exame físico é, basicamente, composto dessas características, mas há ainda exames do tipo químico qualitativo e microscópico.
CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.