2009 - Prêmio Qualidade da Gestão MS PQG/MS - Destaque no critério 6 - pessoas

2009 - Prêmio Qualidade da Gestão MS PQG/MS  - Destaque no critério 6 - pessoas No dia onze de dezembro de 2009, aconteceu a cerimônia de entrega do Prêmio Qualidade da Gestão 2009. Na ocasião, o Portal Educação foi reconhecido como destaque no critério 6 (Pessoas) referente aos critérios Rumo à Excelência da MS Competitivo.

A empresa conquistou o destaque pelo departamento Gestão de Pessoas. Representantes do Portal Educação marcaram presença na solenidade que foi realizada no auditório Germano de Barros - Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo.

"Mais de 300 empresários se inscreveram este ano à premiação, que reconhece estadual e nacionalmente aqueles que têm conseguido o aumento da produtividade, competitividade e qualidade de seus negócios", conta o assessor do Sebrae/MS Augusto Castro. O presidente do MBC frisa que o número alto de inscritos neste ano, no momento em que o Brasil enfrentou uma das piores crises, é um ótimo sinal, pois mostra que as empresas sabem da importância da competitividade para o seu próprio sucesso.

"Adotar modernas técnicas de gestão empresarial é um sinal de conscientização e preocupação com o mercado, pois a economia globalizada coloca todos os empresários em situação de concorrência com empresas de todo o mundo, não importando o seu tamanho", comenta Augusto. Ele diz que o processo de avaliação do MPE Brasil mostra aos empresários, por meio de uma avaliação criteriosa, os seus pontos fortes e as oportunidades de melhoria dentro de um modelo já conhecido e validado por empresas bem-sucedidas em seus segmentos de atuação. Pequenos empreendimentos com CNPJ e produtores rurais por meio de CPF puderam participar da seleção, feita por meio de questionários de autoavaliação, visitas aos estabelecimentos e bancas classificatórias. E as empresas de MS que forem reconhecidas no dia de hoje, participarão no ano de 2010, da etapa nacional do Prêmio, na qual serão apresentadas histórias de sucesso de empresas brasileiras.

Voltar