artigo

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013 - 10:06

Tamanho do texto: A A

Sistemas Ofensivos no Handebol

por: Colunista Portal - Educação

Ataque combinado
Ataque combinado
Como principais formas de se atacar em um jogo de Handebol, podemos citar:
Ataque em circulação: neste sistema de ataque os jogadores precisam manter-se em movimento o tempo todo, e precisam também mudar o posicionamento em quadra.

Ataque posicionado: no ataque posicionado todos os jogadores possuem posição fixa em quadra, sendo que apenas a bola é quem circula entre eles.

Ataque combinado: este sistema é uma mistura dos dois antes mencionados, pois há jogadores que ocupam posições fixas em quadra enquanto outros trocam de posição e se movimentam em quadra.

O sistema de ataque mais utilizado é, normalmente o 3:3, principalmente para iniciantes, devido a sua melhor assimilação pelas crianças e jogadores menos experientes.

No sistema 3:3 se joga com três armadores, dois extremas e um pivô.

Já no 4:2, joga-se com dois armadores, dois extremas e dois pivôs.

Os outros sistemas ofensivos do handebol serão explicados mais detalhadamente a seguir.

Sistema Ofensivo 6:0:

Neste sistema existem seis jogadores que se posicionam a frente da área do tiro livre, sempre na intenção de ocupar toda a frente da área.

Há bastante troca de passes por parte dos jogadores neste sistema. E é por meio dessas troas de passe que os mesmos tentam penetrar na defesa adversária, portanto, em boas condições de arriscar arremesso de curta distância ou então arriscam arremessos de média e longa distância – caso não consigam entrar na defesa adversária.

Este sistema ofensivo é o mais fácil e simples dentre os praticados no jogo de Handebol. Neste sistema não há a presença de pivô, portanto não se trabalha com infiltrações. Por outro lado as jogadas são originadas e finalizadas fora da área de tiro livre, por esta razão os arremessos mais comuns são os de longa distância.

Sistema Ofensivo 5:1

O sistema 5:1 é formado por cinco jogadores posicionados à frente da área de tiro livre mais um jogador infiltrado – pivô.

O pivô deve sempre posicionar-se na área central, próximo à linha dos seis metros, pois neste local da quadra é favorecido o ângulo pra o arremesso.

No sistema 5:1 todos os jogadores, exceto o pivô têm como função primordial armar as jogadas que deverão ser finalizadas, de preferência, pelo único jogador livre dessa função. Também é interessante que, os jogadores que atuam pelas extremidades da quadra auxiliem o pivô nessa função de finalização de jogadas.

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.

Educação Física