CURSOS ONLINE GRÁTIS NA COMPRA DE UM DOS 1400 CURSOS ONLINE

Equipes e Grupos de Trabalho

Artigo por Colunista Portal - Educação - quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Tamanho do texto: A A

Equipes e Grupos de Trabalho
Equipes e Grupos de Trabalho
Dentro os fatores que contemplam as organizações de trabalho estão ainda presentes os aspectos que envolvem as equipes e grupos de trabalho, é por meio das equipes que os colaboradores trabalham para atingir os objetivos propostos para a execução do trabalho e alcance de metas e resultados.


Albuquerque (2004) fez um estudo que mostra que todos nós nos diversos papéis que desempenhamos na vida, fazemos parte de diferentes grupos. Para ele um grupo é um conjunto entre duas ou mais pessoas, que para alcançar objetivos, necessita de algum tipo de interação, durante um intervalo de tempo considerado longo. Levando em consideração o funcionamento dos grupos o autor entende que as equipes de trabalho referem-se a um determinado tipo de grupo.


Sendo assim um grupo passa a constituir-se numa equipe de trabalho, Nos grupos, a realização das tarefas depende de maneira fundamental do esforço individual, já nas equipes a realização do trabalho depende tanto do esforço individual como do esforço coletivo de todos os seus membros. Nos grupos cada um se responsabiliza pelos resultados de maneira individual e nas equipes, a responsabilidade pelo resultado final é compartilhado por todos (ALBUQUERQUE, 2004).


Para Moscovici (2003) não é fácil estabelecer parâmetros bem definidos na diferença entre grupos e equipes, pois a equipe é um grupo com funcionamento qualificado. Pode-se considerar equipe um grupo que entende seus objetivos e está disposto a alcançá-los, de forma compartilhada, sendo a comunicação entre os membros verdadeira e opiniões divergentes são estimuladas. Existe alto grau de confiança e os seus integrantes não tem medo de assumirem riscos e, como as habilidades dos membros complementam umas as outras possibilitam alcançar resultados. Os objetivos compartilhados determinam seu propósito e direção. O respeito, mente aberta e cooperação permitem a equipe investimentos constantes no próprio crescimento.


A autora enfatiza que um grupo torna-se equipe quando passa a prestar atenção em sua própria forma de operar procurando resolver sempre que necessário os problemas que afetam o desenvolvimento e o sucesso da equipe na execução dos trabalhos. Um grupo que se desenvolve como equipe incorpora à sua dinâmica as habilidades de diagnose e de resolução de problemas (MOSCOVICI, 2003).


Segundo Chiavenato (1998) as equipes de trabalho operam de modo participativo na tomada de decisões. Um aspecto fundamental é a habilidade multifuncional. Cada integrante do grupo tem várias habilidades para desempenhar diferentes tarefas e são responsáveis por atingir resultados e metas. Têm autonomia para decidir sobre a distribuição das tarefas entre si, a programação do trabalho, treinam uns aos outros, avaliam a contribuição de cada um e são responsáveis pela qualidade do trabalho em grupo e pela sua melhoria permanente.

O autor afirma ainda que os principais atributos para as equipes de alto desempenho são designados por: a participação, onde todos os integrantes estão comprometidos com o empowerment e autoajuda; a responsabilidade, onde todos se sentem responsáveis pelo resultado no desempenho das tarefas; a clareza de que todos compreendem os objetivos da equipe; interação, todos se comunicam de forma aberta e confiável; flexibilidade, todos desejam sempre mudar e melhorar o desempenho; focalização, onde todos os integrantes se dedicam a atingir a expectativa do trabalho; criatividade, as novas ideias e talentos são valorizados de modo a beneficiar a equipe; e rapidez fazendo com que os membros da equipe atuem prontamente sobre os problemas e oportunidades.


A procura pelos procedimentos que prometem a eficácia das equipes tende a ficar incrementados de acordo com o aumento na divulgação de relatos de equipes bem-sucedidas. Sendo assim nos relatos de sucesso devem ser cuidadosamente avaliados as evidências concretas do êxito atingido, a partir da implementação dos procedimentos, assim como as diferenças, entre a empresa em que ocorreu a experiência bem-sucedida e a empresa em que se está pretendendo implantá-lo (ALBUQUERQUE, 2004).

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.