artigo

sexta-feira, 4 de maio de 2012 - 11:34

Tamanho do texto: A A

Farmacologia clínica

por: Colunista Portal - Educação

Farmacologia clínica
Farmacologia clínica
Ramo da farmacologia que estuda os fármacos e suas aplicações clínicas. Considera os efeitos dos fármacos descobertos em laboratórios de pesquisa e desenvolvimento sobre o aspecto clínico e suas consequências sobre a saúde da população; proporcionando maior segurança e racionalidade às prescrições de medicamentos.

Conceitos importantes

Fármaco: substância definida, com propriedades ativas, produzindo efeito terapêutico.

Pró-fármaco: molécula sem atividade farmacológica que se transforma em molécula farmacologicamente ativa após biotransformação. Ex.: enalapril.

Droga: qualquer substância capaz de interagir com o organismo produzindo algum efeito.

Medicamento: produto farmacêutico, tecnicamente obtido ou elaborado, com finalidade profilática, curativa, paliativa ou para fins de diagnóstico (Portaria 344/98 – Anvisa).

Remédio (re = novamente; medior = curar): substância animal, vegetal, mineral ou sintética; procedimento (ginástica, massagem, acupuntura, banhos); fé ou crença; influência: usados com intenção benéfica.

Placebo (placeo = agradar): substância sob a forma de medicamento, mas não é medicamento. Administrado com a finalidade de causar um efeito sugestivo.
- Placebo inerte: amido, açúcar, solução fisiológica.
- Placebo ativo: fármaco em dose subterapêutica.
- Placebo negativo (nocebo): causa reação adversa ao medicamento.
O placebo é utilizado na exclusão na sugestão durante a avaliação de fármacos e no tratamento de pacientes ansiosos, maníacos e psicóticos.

O efeito placebo consiste em um conjunto de fatores não farmacológicos que influenciam o efeito terapêutico.
CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.

Farmácia