CURSOS ONLINE GRÁTIS NA COMPRA DE UM DOS 1400 CURSOS ONLINE

Capacidades Físicas

Artigo por Colunista Portal - Educação - quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Tamanho do texto: A A

Exercícios aumentam a respiração e a frequência cardíaca
Exercícios aumentam a respiração e a frequência cardíaca
O maior componente de uma boa saúde é a capacidade física. A capacidade física é a habilidade de fazer as tarefas rotineiras com vigor e atenção sem ficar cansado e manter energia suficiente para usufruir horas de lazer e estar apto a atender a possíveis emergências. A capacidade física é composta de três componentes básicos: resistência cardiorrespiratória força muscular e flexibilidade. Utilizamos o modelo aplicado aos atletas para adequar os conceitos de capacidade física ás populações especiais.

Resistência Cardiorrespiratória


A resistência cardiorrespiratória é o desempenho do coração pulmões e sistema circulatório para um eficiente suprimento de oxigênio e nutrientes para os músculos trabalharem. Uma das mais válidas medidas da capacidade funcional do sistema cardiorrespiratório é o máximo oxigênio consumido (V02Max). O V02Max representa a máxima quantidade de oxigênio que pode ser consumida transportada e utilizada pelo organismo para produzir energia. Se a intensidade do exercício aumentar o consumo de oxigênio aumenta na mesma proporção.

Eventualmente o máximo oxigênio fornecido para o tecido muscular ativo é completado e o nível de oxigênio consumido aumentará com o aumento da intensidade do exercício. Aumentos na capacidade cardiorrespiratória são obtidos com a prática de exercícios que requerem uso rítmico de grandes massas musculares.

Os exercícios podem ser feitos 3 a 4 vezes por semana por um mínimo de 15 a 20 minutos continuamente a uma intensidade que eleve a frequência cardíaca e a respiração mas não cause nenhum desconforto. Esses tipos de exercícios são geralmente conhecidos como exercícios aeróbios. Aeróbio requer oxigênio médio para a produção de energia. Exemplos de exercícios aeróbios: marchar corrida bicicleta natação remo e dança aeróbica.

Exercícios de pequena duração que podem ser suportados pela energia estocada nos músculos e não requerem oxigênio são chamados de anaeróbios. Tanto os exercícios aeróbios quanto os anaeróbios são bons em termos de benefícios para a saúde e têm poucas contraindicações.

Força muscular abrange a força e a resistência muscular. Força muscular é a máxima força de tensão que pode ser atingida por um particular grupo de músculos. Contrações musculares podem ser de natureza estática ou dinâmica, dependendo da resistência encontrada pelo músculo. Se a resistência é imóvel, a contração do músculo é estática ou isométrica. Contrações dinâmicas são aquelas em que o comprimento do músculo muda e são visíveis os movimentos das articulações, e podem ser concêntricas, excêntricas e isocinéticas.

Durante a contração concêntrica, a força gerada pelo músculo é maior que a resistência, permitindo que o músculo se contraia e resultando num movimento de alavanca do sistema ósseo. O músculo é ainda capaz de exercer tensão durante o estiramento. Isto é conhecido como contração excêntrica que ocorre normalmente quando o músculo produz uma tensão para desacelerar o movimento de segmentos do corpo, ou resistir à gravidade como ocorre com a parte inferior do corpo durante os saltos. A expressão contração isotônica é usada no mesmo contexto da contração dinâmica. Isto é um sinônimo. A palavra isotônica significa a mesma (iso) tensão (tonic).

Entretanto, a tensão produzida por um grupo de músculos varia bastante quando a resistência é constante, através de um dado movimento da articulação. Isto acontece para mudar a vantagem fisiológica e mecânica causada pela mudança do comprimento do músculo e o ângulo da articulação, se o membro se movimentar. Portanto, esse termo isotônico não parece ser apropriado por definição.

Uma contração isocinética é definida como uma contração na qual a tensão desenvolvida pelo músculo enquanto contraído ou estendido sob velocidade constanté A velocidade da contração é controlada mecanicamente. Equipamentos eletromecânicos ou hidráulicos variam a resistência frente à força muscular produzida em cada ponto da extensão do movimento da articulação. Assim, os equipamentos isocinéticos permitem que grupos de músculos encontrem resistências máximas variáveis durante o movimento.

A contração isocinética é mais comumente usada em testes diagnósticos de resistência e força muscular e na reabilitação de grupos de músculos afetados por lesões ou cirurgia de um membro. A sua utilização em pesquisas possui um modelo de experimento básico fundamental, mas, a sua validade externa, ou seja, sua aplicação na prática é extremamente questionada.
CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.