CURSOS ONLINE GRÁTIS NA COMPRA DE UM DOS 1400 CURSOS ONLINE

Alimentação saudável na Educação Infantil

Artigo por Ana Caroline Oliveira Cavalcante - sábado, 23 de março de 2013

Tamanho do texto: A A

As frutas desempenham importante função na alimentação das crianças
As frutas desempenham importante função na alimentação das crianças

Entendendo que a cada dia as nossas crianças se alimentam de forma destrutiva e que existe uma grande falta de informação em casa acerca da importância da ingestão de alimentos saudáveis, venho por meio de este projeto tentar fazer com que as crianças da escola escolhida tenham um pouco mais de informação sobre os alimentos, a sua importância e o uso devido de produtos industrializados.

Embora exista uma enorme variedade alimentar no cardápio das crianças, a escola tem como papel facilitar e promover o uso e adequação dos alimentos mais saudáveis, propondo situação que permitam os alunos a participarem e sempre mostrando que uma dieta saudável é bem mais prazerosa e benéfica à saúde.

De acordo com o Referencial Curricular da Educação Infantil - Volume 2 (1998):

O ato de alimentar tem como objetivo, além de fornecer nutrientes para manutenção da vida e da saúde, proporcionar conforto ao saciar a fome, prazer ao estimular o paladar e contribui para a socialização ao revesti-lo de rituais. Além disso é fonte de inúmeras oportunidades de aprendizagem.

Os Referencias também dizem que o planejamento, junto com as crianças, de cardápios balanceados, de cuidados com o preparo e oferta de lanches ou outras refeições, de projetos pedagógicos que envolvam o conhecimento sobre os alimentos, de preparações culinárias cotidianas ou que façam parte de festividades, permite que elas aprendam sobre a função social da alimentação e as práticas culturais.

Infelizmente a maioria das crianças têm péssimos hábitos alimentares, prejudicando a saúde, trazendo malefícios ao corpo e podendo, na maioria das vezes, chegar a um grau de obesidade.

"A obesidade infantil aumentou cinco vezes nos últimos 20 anos no Brasil, acusa a nutricionista Sylvia Elisabeth Sanner, de São Paulo. Entre as principais consequências, ela cita aumento de casos de diabetes e problemas cardiovasculares, além do aumento dos níveis de colesterol e triglicérides. De acordo com o médico-nutricionista Fábio Ancona Lopez, vice-presidente da Sociedade de Pediatria de São Paulo, a obesidade infantil já atinge cerca de 10% das crianças brasileiras. Independente das cifras, o médico argentino Júlio Ribeiro afirma, categórico, que a obesidade é uma das piores aquisições da civilização"

É preciso incentivar nossas crianças a terem uma alimentação mais saudável, porém para que isso aconteça é necessário sermos exemplos.

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Ana Caroline Oliveira Cavalcante

Estudante de Pedagogia do 9º semestre da Univerisdade Federal do Ceará. Trabalho em uma grande escola de Fortaleza com Educação infantil a mais de cinco anos. Apresentei artigos sobre Dislexia, Inclusão de crianças Surdas na educação, autismo e outros temas. Participei do 31º EEEPe em Sobral este ano e defendi a importancia da educação infantil para o desenvolvimento global da criança.