artigo

terça-feira, 1 de janeiro de 2008 - 00:00

Tamanho do texto: A A

O que é Imunologia?

por: Colunista Portal - Educação

O sistema imunológico baseia-se nas relações Antígeno-Anticorpo
O sistema imunológico baseia-se nas relações Antígeno-Anticorpo
A imunologia é o estudo das respostas do organismo que fornecem imunidade, ou seja, proteção às doenças. Ainda que o sistema imune seja muito complexo, certos componentes do sistema imune são facilmente detectados, como por exemplo, os anticorpos.


O sistema imunológico baseia-se nas relações Antígeno-Anticorpo.

Antígenos ( Ag )
-Substância estranha que induz uma resposta imune por causar uma produção de anticorpos e ou linfócitos sensibilizados que reagem especificamente com a substância; imunógeno.


Anticorpo (Ac) - Proteína do soro que foi induzida por e reage especificamente a uma substância estranha (antígeno); imunoglobulina.


O sistema imune fornece mecanismos de defesas específicas contra uma variedade de substâncias estranhas ao nosso corpo chamadas de antígenos. Estes antígenos podem ser vírus, células (como células sanguíneas, células de bactérias e células de fungos) ou moléculas de proteínas. O sistema imune é uma organização complexa de tecidos, células, produtos de células e mediadores químicos biologicamente ativos e todos interagem para produzir a resposta imune.


A resposta imune reconhece e relembra diferentes antígenos. A imunidade específica é caracterizada por três propriedades:


1. Reconhecimento

2. Especificidade

3. Memória


O reconhecimento refere-se à habilidade do sistema imune de reconhecer diferenças em um número muito grande de antígenos e distingui-los.


A especificidade refere-se à habilidade de dirigir uma resposta a um antígeno específico.
Memória é a referência à habilidade do sistema imune de lembrar-se de um antígeno muito tempo depois de um contato inicial.


Os principais tecidos e órgãos do sistema imune são:

Linfócitos - são as principais células responsáveis pela resposta imune: linfócitos T (vírus, fungos e tumores) e linfócitos B (bactérias e toxinas).


Órgãos linfoides primários
- Timo e Medula óssea.


Órgãos e tecidos linfoides secundários - Nódulos linfáticos, Baço, tecidos linfoides associados ao intestino, Apêndice, Amígdalas, Placas de Peyer e tecidos linfoides associados aos brônquios.
Imunoglobulinas (Ig)


As imunoglobulinas (Ig) são proteínas produzidas por células plasmáticas e secretadas no organismo em resposta à exposição ao antígeno. Elas se classificam em:

IgA
- É a imunoglobulina predominante nas lágrimas, saliva, leite materno, secreções respiratórias e trato gastrointestinal. Fornece proteção contra organismos que invadem estas áreas.


IgG - É a classe em maior concentração no organismo. É também chamada de gama globulina. Fornece imunidade em longo prazo. É a única que atravessa a Placenta e fornece ao recém-nascido a imunidade que vão durar vários meses.


IgM
- É a Segunda mais abundante. É a primeira produzida em resposta a um antígeno, mas não fornece imunidade em longo prazo.


IgE - Está envolvida nas reações alérgicas e nas infecções parasitárias.


CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Colunista Portal - Educação

O Portal Educação possui uma equipe focada no trabalho de curadoria de conteúdo. Artigos em diversas áreas do conhecimento são produzidos e disponibilizados para profissionais, acadêmicos e interessados em adquirir conhecimento qualificado. O departamento de Conteúdo e Comunicação leva ao leitor informações de alto nível, recebidas e publicadas de colunistas externos e internos.

Biologia