artigo

terça-feira, 26 de junho de 2012 - 17:45

Tamanho do texto: A A

Assimetria Flutuante como Avaliador de Impacto Ambiental

por: Roger Vinicius Bagliano

Humanos tem interferência sobre a água que chega até nós
Humanos tem interferência sobre a água que chega até nós
LEVANTAMENTO BIBLIOGRÁFICO DE BIOINDICADORES E ASSIMETRIA FLUTUANTE COMO INDICADOR DE IMPACTO AMBIENTAL
Especialista: Roger Vinicius Bagliano

RESUMO
Algumas espécies com eixo-bilateral são utilizadas como bioindicadores por terem relacionamento direto com elementos abióticos e por isso tornando altamente sensíveis as perturbações humanas. Estresses ambientais são oriundos de ações antropogênicas podendo ser descrito como um estado que demanda energia para "tamponar" os seus efeitos podendo levar a desestabilidade de funções regulares e simétricas dos organismos. A desestabilização por causas de estresse pode levar a mudanças sutis da simetria corporal. As diferenças dos lados esquerdos e direito de certas espécies com eixo radial leva a apresentar assimetria flutuante, essa levando a formas irregulares na morfologia corporal servindo como avaliação de estudo de impacto ambiental. Para suprir essas hipóteses foram revisados artigos científicos sobre esse tema para distinguir e verificar as melhores metodologias a ser aplicada a Assimetria Flutuante como avaliante de impacto ambiental.

1 CONSIDERAÇÕES INICIAIS
Sabe-se que a técnica de assimetria flutuante serve para avaliação física e/ou química do ambiente causadas por perturbações antrópicas modificando o genótipo ou fenótipo do organismo estando no meio inadequado para a espécie. O procedimento de assimetria flutuante serve para avaliar as espécies flutuantes com anomalias assimétricas dentro de uma população com características simétricas bilaterais.

O objetivo geral desse trabalho é os levantamentos bibliográficos e metodológicos de assimetria flutuante como indicador de impacto ambiental.

Os objetivos de estudos específicos do estudo realizado são: Descrever os tipos de assimetria existente. Descrever quais as espécies que mais ocorre estudo de assimetria flutuante. A metodologia utilizada foi o levantamento bibliográfico de artigos científicos com o tema de Assimetria Flutuante e Bioindicadores e descrever como se aplica a metodologia à mensuração do desvio em relação ao eixo central em organismos bilaterias. As distribuições de frequência encontradas verificando se as metodologias aplicadas nos levantamentos bibliográficos servem para verificação de impacto ambiental. Justifica-se que a pesquisa de Assimetria Flutuante (AF) e bioindicadores esta sendo realizada em conjunto para demonstrar a interação existente dentro de organismo para evidenciar que ambas podem corroborar com o impacto ambiental advindo das ações humanas.

CreativeCommons

Esta apresentação reflete a opinião pessoal do autor sobre o tema, podendo não refletir a posição oficial do Portal Educação.

Comentários


colunista

Roger Vinicius Bagliano

Especialista em Pericia e Auditoria Ambiental pela Faculdade de Tecnologia Internacional e Gestão Ambiental pela Faculdade Católica de Uberlândia, graduado em Ciências Biológicas pela Universidade Presidente Antonio Carlos professor de biologia da Secretaria de Educação de Minas Gerais, professor dos cursos técnicos de segurança e meio ambiente do Instituto Savério Petanho de Araguari

Biologia